Background Image

Uma brincadeira que se tornou um sonho!

admin 13/03/2020

Após uma brincadeira familiar, o designer brasileiro Alexandre Fantozzi teve a ideia de criar um projeto ousado... Ficou curioso? Então continue lendo a nossa matéria! 

 Quatro meses após o incêndio da Catedral de Notre-Dame (Paris), num almoço de Páscoa, o designer estava junto com sua família vendo alguns projetos para a reconstrução do patrimônio histórico. O que ele não esperava era que naquele momento ele teria a ideia de um projeto ambicioso que agora é chamado de “Coroa Divina” 

 img-corpo.jpg


O nome que remete à Coroa da Virgem Maria de Notre-Dame também está relacionado ao principal diferencial da proposta, usar vitrais para refazer o teto e a agulha, as partes mais prejudicadas pelo fogo. 

 

img-corpo2.jpg

 

 
A premissa é não descaracterizar as essências arquitetônica, artística e espiritual que legitimaram e legitimam a Catedral em seu todo. Toda a cobertura será feita em Vitral, incluindo a flecha, com transparência para o interior da catedral, através da abertura das abóbadas, com técnicas contemporâneas associadas ao Zeitgeist medieval. Tradição, ruptura e modernidade contextualizam a cobertura em vitral. 

  

img-corpo3.jpg

 

Os vidros especificados foram da Saint Just, Saint-Gobain da França especializada em vitrais e após a divulgação do projeto através das redes sociais do Alexandre, o projeto ganhou notoriedade internacional! A “Coroa Divina” tem grandes chances de ser implementada e nós do Glass Brasil estamos na torcida!  

 
Para conferir mais matérias e notícias sobre a Saint-Gobain Glass Brasil, clique aqui. 

Comentários Facebook